República Checa inicia processo de transferência da sua embaixada para Jerusalém

13 de setembro de 2018.

 

Depois da corajosa decisão dos Estados Unidos e da Guatemala, a República Checa da sinais de ser o 3º país a mudar a sua embaixada para Jerusalém, a capital de Israel, sendo o primeiro país da União Europeia a tomar tal decisão.
 
Numa declaração conjunta, os líderes checos, incluindo o primeiro-ministro, o líder do parlamento, e os ministros da Defesa e dos Negócios Estrangeiros, afirmaram que a abertura da "Casa Checa" em Novembro próximo na Cidade santa será "o primeiro passo" no plano de deslocar a embaixada checa para Jerusalém.
 
Jiri Ovcacek, porta-voz do presidente checo Milos Zeman, informou que a Casa Checa albergará instituições do governo, incluindo um gabinete para as Relações Exteriores, a agência checa de comércio externo, e o escritório do Turismo checo. Segundo informações prestadas pelo porta-voz, o próprio presidente checo irá deslocar-se a Jerusalém para presidir à inauguração da Casa.
 
O presidente Zeman, de 73 anos, é um veterano político da esquerda, conhecido pelas suas posições pró-Israel, tem desde há muito defendido a relocalização da embaixada checa para Jerusalém, muito antes ainda de o presidente Trump ter tomado essa decisão.
 
A embaixada da República Checa tem estado em Tel Aviv desde 1949, exceto durante o período de corte das relações diplomáticas entre 1967 e 1990, quando a então chamada Checoslováquia estava sob a ditadura comunista.
 
Viva a República Checa!
 
Fonte: Shalom Israel

Comentários

Carlos A Roccon em 14/09/2018 13:12:57
Esperamos que o Brasil tome iniciativa logo, e possamos também mudra nossa embaixada para Jerusalem.

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||