Possível retorno de Ahmadinejad ao poder em 2017 pode ocasionar graves conflitos no Oriente Médio

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

22 de julho de 2016.

O ex-presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad planeia regressar ao poder nas eleições presidenciais de 2017 no Irã, prevendo-se que, caso tal aconteça, venha a empurrar a nação islâmica para um ainda maior extremismo.

Ahmadinejad foi o 6º presidente do Irã, tendo governado os destinos da república islâmica durante dois mandatos, entre 2005 e 2013, tendo nesse último ano saído por questões de limitações constitucionais. Este homem de linha dura desafiou por diversas vezes o mundo ocidental por causa do programa nuclear iraniano. As sanções impostas ao Irã levaram ao empobrecimento da população e à perda de serviços sociais.
 
Ahmadinejad ficou também conhecido pelas suas impetuosas declarações e ameaças anti-sionistas desde os pódios mundiais, como por várias vezes se pode ouvir nos seus discursos ameaçadores nas Nações Unidas.
 
O seu último discurso na ONU incluiu de fato um apelo à extinção de Israel de sobre a face da terra, tornando-o num protótipo de Hitler.
 
Este paranoico líder, agora candidato ao retorno do poder iraniano, fartou-se de negar o Holocausto, denegriu os EUA pela morte de Osama bin Laden e acusou ainda o governo dos EUA dos ataques do 11 de Setembro. Num mundo civilizado, este indivíduo já estaria há muito atrás das grades...
 
PROFETA DA DESGRAÇA
 
Durante os seus últimos dias à frente do governo do Irã, Ahmadinejad jurou regressar com o"íman oculto", o qual, segundo a crença xiita, irá reaparecer para tomar o controle da humanidade antes do Dia do Juízo final.
 
Certamente que o retorno deste vil ser humano ao poder trará uma enorme instabilidade à já demasiado frágil situação política e social do Oriente Médio. Pior ainda, é quando a utopia se apodera de mentes doentias como a deste homem, que se julga um "enviado de Alá" para o cumprimento escatológico do final dos dias. Israel sabe o que isso significa.
 
Para muitos analistas, o retorno deste lunático ao poder "obrigará" Israel a um ataque preventivo às instalações nucleares do Irã. E, se tal vier a acontecer, poderemos estar a caminhar para uma verdadeira hetacombe nuclear.
 
A reeleição de Ahmadinejad  pode acelerar o final dos dias. Trata-se afinal de um radical islâmico com recursos nucleares nas suas mãos...
 
Fonte: Shalom, Israel!

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||