Netanyahu quer discutir com Trump acordo nuclear com Irã

12 de dezembro de 2016.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, declarou neste domingo (11) que quer tratar do Irã e do acordo internacional sobre seu programa nuclear com o futuro presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, o qual considera um importante "apoio" de Israel.

"Gostaria de discutir com o presidente" eleito sobre esses temas, afirmou o premiê, de acordo com trechos antecipados de sua entrevista ao programa "60 Minutes", que vai ao ar neste domingo à noite, na rede americana CBS.

"Eu o conheço muito bem, e sua atitude, seu apoio a Israel, são muito claros", acrescentou Netanyahu.

Se o acordo nuclear chegar ao fim, "as opções que temos são muito mais numerosas do que se acredita. Muitas mais. E falarei disso com o presidente Trump", declarou o premiê, que chegou a falar em "cinco" alternativas, sem apresentá-las.

Netanyahu se opõe firmemente ao acordo firmado em Viena, em julho de 2015, entre Teerã e as grandes potências (Estados Unidos, Rússia, China, França, Reino Unido e Alemanha, sob o patrocínio da União Europeia).

O presidente americano em final de mandato, Barack Obama, teve um papel fundamental no desfecho desse acordo, mas seu sucessor prometeu, ao longo da campanha eleitoral, que vai desmantelá-lo. Trump alega que se trata "do pior acordo já negociado".

A comunidade internacional reconhece que Teerã respeitou os termos do acordo de Viena até agora.

Fonte: AFP

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||