"Não nos venha pregar moralidade!", recado de Israel ao ditador turco Erdogan

09 de maio de 2017. 

 

Israel respondeu prontamente às provocações do ditador turco Erdogan, dizendo-lhe que não deveria estar a criticar a única democracia no Médio Oriente, quando ele próprio viola os direitos humanos no seu próprio país.
 
A resposta à provocação do presidente turco foi direta e incisiva:"Quem sistematicamente viola os direitos humanos no seu próprio país não deveria estar a pregar moralidade à única verdadeira democracia na região. Israel adere estritamente à total liberdade de culto para judeus, muçulmanos e cristãos - e continuará a fazê-lo, apesar desta calúnia infundada" - alegou o Ministério das Relações Exteriores de Israel.
 
O presidente turco tinha caluniado Israel por causa da proposta de lei "Muzzen" -  uma lei que tenta regulamentar o volume sonoro dos apelos muçulmanos à oração em horas de descanso - e convocou os muçulmanos do mundo inteiro para subirem ao Monte do Templo, demonstrando solidariedade para com os árabes palestinianos, e para protestarem contra aquilo que ele denominou de violações dos direitos humanos por parte de Israel. 
 
Para além desta intromissão nos assuntos internos de Israel, o ditador Erdogan apelou ainda aos EUA para cessar todas as discussões sobre a possibilidade da mudança da embaixada norte-americana para Jerusalém: "Os debates sobre a possibilidade de os Estados Unidos deslocarem a sua embaixada para Jerusalém estão completamente errados e deviam ser claramente retirados da agenda."
 
O presidente turco já ontem se tinha reunido com o primeiro-ministro palestiniano Rami Hamdallah, com o qual abordou formas de "se defenderem contra a judaização de Jerusalém." Os dois líderes muçulmanos atribuíram também a instabilidade na região às "violações de Israel" e fizeram planos para juntos cooperarem contra as alegadas violações.
 
Fonte: Shalom Israel

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||