Milícias da Faixa de Gaza lançam 3º projétil contra Israel

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

09 de dezembro de 2017.

 

Um terceiro projétil foi lançado nesta sexta-feira por milícias da Faixa de Gaza e caiu na cidade de Sderot, no sul de Israel, sem que, por enquanto, haja informações sobre feridos, informou um porta-voz militar israelense.

“Um projétil foi disparado contra Israel da Faixa de Gaza. As sirenes soaram no conselho regional de Saar Neguev e na cidade de Sderot, onde o projétil caiu”, indicou o exército israelense em comunicado.

Pela terceira vez, os alarmes soaram hoje no sul de Israel após o lançamento de outros dois foguetes, um que foi interceptado pelo sistema antimíssil Domo de Ferro e outro que caiu em uma área ainda não identificada.

A aviação israelense respondeu a esses dois primeiros disparos com bombardeios sobre posições do movimento islamita Hamas, que o governo israelense considera responsável por “qualquer ação hostil” vinda do território palestino.

Os bombardeios atingiram a área de Beit Hanun, de onde foram disparados os foguetes de fabricação caseira contra Israel, o que deixou pelo menos dez feridos, um deles um bebê, que se encontra em estado crítico, segundo informou o Ministério da Saúde palestino.

A região registra uma escalada de violência após uma jornada de protestos de palestinos contra a decisão do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, de reconhecer na quarta-feira Jerusalém como capital de Israel.

As manifestações e enfrentamentos com o exército israelense deixaram hoje pelo menos dois palestinos mortos e mais de 300 feridos, segundo o ministério palestino.

Centenas de palestinos ficaram feridos em enfrentamentos com as forças de segurança de Israel, que responderam com disparos de balas de borracha, munição real e material antidistúrbio contra os manifestantes, que atiraram pedras e coquetéis molotov contra os agentes, e montaram barricadas com pneus queimados em Jerusalém Oriental, Gaza e Cisjordânia.

Para amanhã, sábado, foram convocados novos protestos em Jerusalém Oriental e em várias cidades da Cisjordânia.

Ontem à noite, o exército israelense atacou duas infraestruturas militares em Gaza em resposta ao lançamento de projéteis do território palestino contra o sul de Israel, onde um deles caiu.

Fonte: EFE

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||