Liga Árabe desenvolve plano para conter reconhecimento de Jerusalém como capital de Israel

17 de maio de 2018.

 

A Liga dos Estados Árabes pretende desenvolver um plano para combater o reconhecimento de Jerusalém como a capital de Israel pelos Estados Unidos e por qualquer outro Estado, afirmou por meio de um documento divulgado após uma reunião ministerial extraordinária da organização no Cairo.

"O secretariado da organização recebeu a tarefa de desenvolver um plano abrangente que inclua medidas que possam ser usadas para contrariar a decisão dos Estados Unidos ou de qualquer outro Estado de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel ou transferir a embaixada para esta cidade", disse.

O plano, que deve ser preparado em duas semanas, incluirá medidas políticas, judiciais e econômicas.

No início desta semana, o ministro egípcio das Relações Exteriores, Sameh Shoukry, disse que a transferência da embaixada dos EUA para Jerusalém e seu reconhecimento como a capital de Israel não muda o status judicial da cidade e não abole os direitos legítimos dos palestinos em suas terras.

A transferência da embaixada dos EUA para Jerusalém na última segunda-feira, reivindicada tanto pelos israelenses quanto pelos palestinos, foi alvo de tumultos na fronteira da Faixa de Gaza, que havia sido suprimida pelas forças de segurança israelenses. Desde o início desta semana, mais de 60 palestinos morreram e mais de 2.700 ficaram feridos na violência em Gaza.

Na quarta-feira, a embaixada da Guatemala em Israel abriu oficialmente em Jerusalém após a transferência de suas operações de Tel-Aviv.

O secretário-geral da Liga Árabe, Ahmed Aboul Gheit, disse na quinta-feira que a organização deve rever as relações com os Estados Unidos e a Guatemala e outros países que podem reconhecer Jerusalém como a capital de Israel e transferir suas embaixadas para esta cidade.

Fonte: Sputnik

https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/2018051711246411-liga-arabe-jerusalem-capital-israel-plano/

Comentários

Euclides Cordeiro Dias em 18/05/2018 08:32:52
Números 23:09 diz: do cume das penhas o vejo, e dos outeiros o contemplo.
Vejo um povo que habitará só e entre as nações não será contado.
A única maneira das nações fugirem do juízo de Hashem é coexistindo junto com Israel, mesmos valores e crenças.
Os árabes estão perdendo uma rica oportunidade.
Carlos em 18/05/2018 02:19:45
Podem formular qualquer plano em dias semanas, seus Árabes,
Sempre serão refutados pela Verdade na mesma hora.
Não só toda Jerusalém , mas todo restante de Canaã pertencem aos Judeus para sempre.

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||