Liga árabe ameaça Bolsonaro

18 de dezembro de 2018.

 

A "Liga Árabe" comunicou ao novo presidente brasileiro Jair Bolsonaro que deslocar a embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém poderá causar sérias repercussões entre os países árabes.
 
A carta enviada pela Liga ao presidente do Brasil foi escrita em forma de "aviso" antevendo o cumprimento da promessa eleitoral feita por Bolsonaro de mudar a embaixada do Brasil para a capital Jerusalém, à semelhança daquilo que o presidente norte-americano Donald Trump já fez em Maio passado.
 
Deverão hoje reunir-se em Brasília 22 embaixadores de outros tantos países árabes para discutirem a decisão prometida pelo novo presidente brasileiro.
 
Bolsonaro tem reiterado a sua promessa, e acredita-se que, aproveitando a viagem para a tomada de posse no dia 1 de Janeiro que Netanyahu fará para estar presente em Brasília, os dois líderes irão abordar esta questão. 
 
"Tal como anteriormente afirmámos durante a nossa campanha, tencionamos transferir a embaixada brasileira de Tel Aviv para Jerusalém. Israel é um estado soberano e nós queremos respeitar isso."
 
O Brasil é um dos maiores exportadores mundiais de carne "halal", e esse comércio poderá ser posto em causa no caso de as nações árabes ficarem irritadas com a mudança da embaixada. A carne "halal" é cortada e preparada segundo os preceitos do islamismo.
 
Apesar de todas estas "ameaças veladas" da Liga Árabe, Bolsonaro parece estar irredutível. Numa recente declaração, o seu filho Eduardo Bolsonaro declarou que a mudança da embaixada brasileira não era uma questão de "se", mas de "quando."
 
Fonte: Bem haja, Bolsonaro! Shalom, Israel!

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||