Líder espiritual dos judeus ultraortodoxos morre aos 104 anos

12 de dezembro de 2017.

O rabino Aaron Yehouda Leib Shteinman, autoridade espiritual para os judeus ultraortodoxos em Israel e no mundo, morreu nesta terça-feira (12) aos 104 anos, anunciou o hospital Ma'ayanei HaYeshua de Tel Aviv. Dezenas de milhares de pessoas participam de cerimônia fúnebre nesta terça.

Shteinman havia sido internado há três semanas por problemas respiratórios. De origem ashkenazi, o rabino Shteinman se tornou após a morte do rabino Ovadia Yosef, em 2013, a principal referência espiritual dos judeus ultraortodoxos, tanto ashkenzis como sefardi.

Nascido em 1913 no império russo, Shteiman abandonou a Polônia, onde fez os estudos rabínicos, e seguiu para a Suíça em 1937, antes de emigrar para a Palestina sob mandato britânico em 1945.

Shteiman deu aulas nas escolas talmúdicas de maior prestígio, em especial em Bnei Brak, subúrbio ultraortodoxo de Tel Aviv, onde morava.

Na década de 1980 fez parte do comitê de rabinos que dirigia o partido Degel Hatorah (A Bandeira da Torá), integrante da formação Judaísmo Unificado da Torá, cujos seis deputados integram o governo de direita do primeiro-ministro Benjamin Netanyahu.

Fonte: AFP

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||