Jerusalém aprova construção de mais 1.300 casas na Judeia e Samaria, com várias centenas em lista de espera

25 de dezembro de 2018.

A melhor resposta que Israel tem encontrado para o terrorismo palestino é construir casas para os seus cidadãos nas terras bíblicas da Judeia e Samaria, territórios cobiçados pelos inimigos de Sião, mas pertencendo de pleno direito ao povo judeu, o único a quem Deus os conferiu.
 
O Ministério da Defesa de Israel esteve estes dois seguidos reunido para deliberar sobre esta decisão, habilmente aproveitando a ausência para férias dos vários governos ocidentais que habitual e viciosamente condenam estas decisões do governo de Israel.
 
Foi então hoje aprovada a construção de 1.300 novas casas, ficando ainda 400 para serem aprovadas na sessão de amanhã, Quarta-Feira.
 
Um total de 1.775 novas habitações deve assim ser aprovado até ao fim desta semana, sendo que dessas, 1.038 receberão a aprovação final para a construção efetiva.
 
Há suspeitas de que esta aprovação imediata pelo governo de Benjamin Netanyahu terá muito a ver com o anúncio ontem feito da dissolução do parlamento e da marcação de eleições antecipadas para o próximo dia 9 de Abril.
 
Fonte: Shalom, Israel!

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||