Jared Kushner (genro de Trump) tenta relançar processo de paz no Oriente Médio

22 de junho de 2017.

 

Em Israel desde ontem, onde se reuniu com o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu, o genro do presidente norte-americano, o judeu religioso Jared Kushner, encontra-se desde ontem em Israel como enviado da administração norte-americana, para tentar fazer avançar o ambicionado plano de paz de Trump para a região do  Oriente Médio.
 
O encontro havido ontem à noite com o presidente da Autoridade Palestiniana Mahmoud Abbas terá sido "produtivo", tendo os dois líderes "reafirmado o seu compromisso de avançar o objectivo de Trump em alcançar uma paz genuína e duradoira."
 
Mais do mesmo. A conversa com Netanyahu foi a mesma do costume. Boas intenções. Não acredito que um novato norte-americano que de política internacional, muito em particular a do Médio Oriente, deve perceber tanto como eu de chinês, consiga alcançar algum novo avanço, num processo insolúvel e mais que condenado ao fracasso. Tanto mais que os palestinianos não mudam a sua conduta de ódio em relação a Israel. Basta ver a falta de condenação oficial da AP em relação ao hediondo assassinato de uma jovem polícia israelita, há poucos dias atrás, junto ao Portão de Damasco, na Cidade de Jerusalém, e o contínuo subsídio financeiro às famílias dos terroristas palestinianos...
 
Fonte: Shalom, Israel!

Comentários

Átila de Abreu Vieira em 23/06/2017 12:44:05
Nem os palestinos mudam sua conduta de ódio a Israel, e nem Israel muda sua conduta de expan'sionismo'e rapina para cima da Palestina.

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||