Israel realizou o seu maior exercício militar dos últimos 19 anos

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

15 de setembro de 2017.

 

Numa clara mensagem ao Hezbollah de que está preparado para a guerra, e que desta vez as coisas serão diferentes, Israel concluiu o seu maior exercício militar destes últimos 19 anos no Norte do país.
 
O exercício foi denominado "Or HaDagan" - a luz de Dagan - em honra ao falecido major general Meir Dagan que comandou o último destes exercícios há 19 anos atrás. 
 
O exercício teve a duração de 10 dias e envolveu diversas divisões ativas das Forças de Defesa de Israel, para além de reservistas, 20 brigadas que incluíram infantaria, artilharia, forças de informação e combate, forças especiais, a Força Aérea de Israel, a Marinha de Israel, o Comando da linha da frente e muitas outras unidades.
 
O principal objectivo deste gigantesco exercício foi o de melhorar a prontidão de combate na região Norte de Israel que faz fronteira com a Síria e o Líbano.
Segundo um dos oficiais responsáveis, "Não basta ser forte. Precisamos de ajustar a resposta aos desafios que se nos deparam."
 
O maior desafio no Norte é, como se sabe, o grupo terrorista islâmico Hezbollah, instalado no Líbano, com quem Israel travou a última guerra em 2006. Sabe-se que desde então o Hezbollah tem-se fortalecido, não só ao nível de equipamento, mas também de treinos para combate, constituindo atualmente uma forte ameaça ao Norte de Israel.
 
Algum do equipamento utilizado por Israel foi possuidor de tecnologia avançada, algum chegando a ser usado pela primeira vez por Israel, incluindo robôs, veículos não tripulados e outro material do mais avançado que há no mundo militar.
 
Fonte: Shalom Israel

Comentários

Adaildo em 25/09/2017 23:03:27
Esses árabes não se cansam de apanhar; o Iran está investindo pesado em mísseis e talvez até em armas nucleares com o objetivo único de destruir Israel. Não sabem que a defesa de Israel vem do alto.
Edson em 22/09/2017 14:27:32
Israel vive da profecia........
marcos em 18/09/2017 21:42:18
A guerra ao terrorista hesbolah e guerra ao libano, se o libano nao consegue parar o grupo terrorista, sofrera as consequencias, sera varrido do mapa se entrar em guerra com israel de novo, cada palmo de terra do libano sera escavado pelas bombas de israel, onde os ratos terroristas serao tirados do buraco, em 2006 o hesbolah tomou uma surra e por pouco nao viu o libano ser varrido, dessa vez sera muitos mais poderosa a resposta de israel, o guarda de israel nao dorme, ADONAI.

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||