Israel planeja exportar gás natural para a Europa

28 de setembro de 2016.

 

Após o fabuloso e histórico acordo assinado ontem entre um consórcio israelense e a vizinha Jordânia, permitindo a Israel exportar 45 biliões de metros cúbicos de gás natural extraído dos campos petrolíferos"Leviatã", na costa marítima de Israel, durante os próximos 15 anos, e que renderá a Israel a fabulosa quantia de 10 biliões de dólares, os olhos israelitas almejam um objetivo ainda mais vasto e ambicioso: nada menos nada mais que exportar gás natural para a Europa!
 
Se tudo correr bem com a construção do gasoduto que levará o gás natural para a Jordânia, Israel poderá já estar a fornecer o seu gás natural àquele país vizinho já daqui a três anos.
 
Segundo o primeiro-ministro israelense Netanyahu, "este é um acordo muito importante" que promove significativamente o mercado energético israelense e que"estreitará os laços com a Jordânia."
 
 
GÁS NATURAL PARA A EUROPA?
 
Israel procura agora poder construir um gasoduto que possa levar o seu gás natural até à ilha de Chipre e á própria Grécia. 
 
Segundo o ministro da Economia israelense Steinitz, a ideia é levar o gás natural à Grécia e de lá para qualquer outro país da Europa. 
 
Amanhã mesmo o ministro Steinitz viajará para Atenas para se reunir com os seus pares grego e cipriota, para abordar a possibilidade da construção de um grande gasoduto até Chipre e até à Grécia, e daí para qualquer outra parte da Europa.
 
"Estaremos a exportar gás para outros países da região, e também para a Europa" - afirmou Steinitz, acrescentando: "Isso fará de nós uma potência energética mundial, permitindo-nos ainda capacidade para descobrirmos e desenvolvermos outros grandes campos de gás natural."
 
Esta grande investida israelense segue-se a uma contrapartida grega realizada há cerca de um mês: uma grande companhia energética grega anunciou as suas intenções de entrar nas águas israelense. Ainda que aguardando ainda aprovação do governo israelita, a companhia grega já assinou um contrato de 148,50 milhões de dólares para a aquisição dos reservatórios de gás israelitas"Karish" e "Tarin", pertencentes ao grupo israelita "Delek."
 
TAL COMO PROFETIZADO HÁ 4 MIL ANOS!
 
Esta bênção material desfrutada por Israel é o exato cumprimento da bênção prometida pelo patriarca Jacó ao seu filho José: "Pelo Deus de teu pai, o qual te ajudará, e pelo Todo-Poderoso, o qual te abençoará com bênçãos dos altos céus, com bênçãos do abismo que está embaixo (ou"das profundezas"), com bênçãos dos seios e da madre" - Gênesis 49:25.
 
"E de José disse: Bendita do Senhor seja a sua terra, com o mais excelente dos céus, com o orvalho e com o abismo que jaz abaixo (ou: "das profundezas")" - Deuteronómio 33:13. 
 
Lembremo-nos que o território distribuído a José foi partilhado entre os seus dois filhos Efraim e Manassés. Ao observar num mapa a distribuição do território de Canaã pelas 12 tribos (os filhos de Jacó), pode-se observar que o gigantesco campo de gás natural"Leviatã" se encontra precisamente na costa marítima que banha a região da tribo de Manassés! 
 
Shalom, Israel!

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||