Israel e árabes estão unidos para avançar em guerra contra o Irã, diz Netanyahu

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

13 de fevereiro de 2019.

 

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, elogiou nesta quarta-feira uma reunião que teve com o ministro de Relações Exteriores de Omã, afirmando que ela representa a união dos interesses israelenses e árabes em uma guerra contra o Irã.

"O que é importante nesta reunião - e esta reunião não é secreta, porque são muitas - é que esta é uma reunião aberta com representantes dos principais países árabes, que estão sentados juntos com Israel para fazer avançar a interesse de guerra com o Irã", declarou.

A afirmação foi feita por Netanyahu em Varsóvia, na Polônia, que é palco da Reunião Ministerial para Promover um Futuro de Paz e Segurança no Oriente Médio, depois do seu encontro com o chanceler de Omã, Yusuf bin Alawi bin Abdullah.

"A partir daqui, vou a uma reunião com 60 ministros de Relações Exteriores e enviados de países de todo o mundo contra o Irã", acrescentou o primeiro-ministro israelense, que adiantou que o seu foco no presente é expulsar o Irã da Síria.

O governo de Tel Aviv vem fazendo nos últimos anos movimentos de aproximação com antigos rivais árabes no Oriente Médio, como a Arábia Saudita, em prol de um discurso anti-Irã na região. A movimentação conta com o apoio da política externa dos Estados Unidos.

Nesta semana, durante as celebrações do 40º aniversário da Revolução Islâmica no Irã, Netanyahu alertou que a comemoração "poderia ser a última" do atual governo de Teerã, em uma afirmação que foi interpretada como uma nova ameaça pelos persas.

Fonte: Sputnik

https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/2019021313307307-netanyahu-guerra-ira/

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||