Israel desenvolverá plano nacional para potencializar programa espacial

05 de setembro de 2016.

 

Israel desenvolverá um plano para potencializar seu programa espacial, segundo foi decidido em reunião realizada neste domingo, após o acidente que nesta semana significou a perda do satélite de comunicações Amos 6 em Cabo Canaveral, na Flórida.

A porta-voz da Agência Espacial nacional e do Ministério israelense de Ciência, Tecnologia e Espaço, Libbi Oz, declarou à Agência Efe que o objetivo é ser mais competitivo "e conservar as conquistas tecnológicas da indústria espacial em Israel".

"Atualmente, o país possui uma política sobre desenvolvimento espacial, mas carece de um plano nacional", aspecto que será trabalhado no decorrer das próximas semanas, disse.

No sábado passado, o ministro de Ciência, Tecnologia e Espaço de Israel, Ophir Akunis, convocou os diretores das instituições espaciais do país para avaliarem as consequências da destruição do satélite na explosão que aconteceu na quinta-feira passada.

Amos 6 é o maior e mais sofisticado satélite já feito no país, fabricado pela Indústria Aeroespacial de Israel (IAI) para a privada Spacecom, com um custo de mais de US$ 200 milhões.

O objetivo do satélite era reforçar as comunicações do governo israelense e proporcionar serviços a partir do litoral dos EUA até Europa, África e Oriente Médio.

Um foguete Falcon 9 deveria ter lançado Amos 6 ao espaço no sábado, das instalações da empresa Space X no Centro Espacial Kennedy, junto à estação de lançamento de Cabo Canaveral. O incidente significou um duro golpe para a indústria israelense por poder atrasar o desenvolvimento espacial do país. 

Fonte: EFE.

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||