Israel adverte palestinos contra qualquer ameaça à fronteira com Gaza

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

28 de março de 2018.

Israel informou que seus soldados têm ordem de atirar caso os palestinos ameacem a fronteira durante protesto previsto para esta sexta-feira (30), considerado ponto de partida de um período de mobilizações e instabilidade.

A “Jornada da Terra” palestina, como a mobilização de sexta-feira é chamada, inicia um período de várias semanas de protestos que podem provocar incidentes violentos entre manifestantes palestinos e tropas israelenses.

Como sinal da retomada de tensões na região, tanques israelenses dispararam na quarta-feira (28) contra posições do movimento islamita Hamas na Faixa de Gaza, em represália a um incêndio provocado ao longo da barreira que cerca o enclave palestino.

O exército israelense enviou reforços à fronteira como medida preventiva para sexta-feira. Afirmou que está se preparando para todos os cenários, entre eles o de qualquer tentativa, organizada ou não, de forçar o muro que separa Israel da Faixa de Gaza, onde vivem dois milhões de palestinos fisicamente isolados do resto do mundo pelo bloqueio israelense e egípcio.

Uma centena de atiradores de elite foram recrutados, informou o chefe do Estado-Maior israelense Gadi Eisenkot no jornal Yediot Aharonot, segundo entrevista que será publicada na sexta.

Caso os soldados da fronteira estejam em perigo, “têm a autorização de disparar. Não permitiremos que se infiltrem em massa em Israel, nem que danifiquem o muro”, disse.

Fonte: ISTOÉ

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||