Irã fornece material de precisão para o Hezbollah

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

20 de outubro de 2018.

 

O nível do perigo na fronteira Norte que separa Israel do Líbano sofreu em elevado aumento, graças ao fornecimento há 3 dias atrás pelo Irã de equipamentos GPS destinados aos mísseis em posse do grupo terrorista islâmico Hezbollah, e que, com este novo equipamento, passarão a ficar muito mais direcionados, com a qualidade de mísseis de precisão.
 
Várias fontes norte-americanas (Fox News) e ocidentais confirmaram esta entrega de equipamento ao Hezbollah. Com estes mísseis agora transformados em mísseis de precisão, as ameaças a Israel aumentaram substancialmente.
 
Segundo a Fox News, um avião de carga iraniano levantou do aeroporto de Teerão às 09H33 da passada Terça-Feira, para um destino alegadamente desconhecido. Algum tempo depois, este avião aterrou em Damasco, prosseguindo depois para Beirute, onde chegou por volta das 2 horas da tarde.
 
O avião partiu no dia seguinte para Doha, a capital do Qatar, aterrando lá por volta da meia noite de Quinta-Feira, regressando depois a Teerão, onde chegou pelas 06H31.
 
Durante o seu discurso na assembleia geral da ONU, o primeiro-ministro israelita Netanyahu revelou que o Hezbollah estava a tentar construir uma estrutura para a conversão dos mísseis terra-terra  em mísseis de precisão, num local próximo ao aeroporto de Beirute, com a ajuda do Irã.
 
Segundo Netanyahu, estes novos mísseis podem atingir Israel com uma precisão de 10 metros.
 
Em resposta a esta revelação do líder israelita, o chefe do Hezbollah, o secretário-geral Hassan Nasrallah veio informar que o seu movimento dispunha de "mísseis...de elevada precisão",acrescentando ainda que, no caso de Israel avançar para uma guerra no Líbano, iria "enfrentar um destino e uma realidade nunca antes experimentados."
 
Netanyahu veio posteriormente confrontar as ameaças de Nasrallah, avisando que: "Se eles nos confrontarem, sofrerão um golpe esmagador a níveis por eles inimagináveis."
 
Com os confrontos de hoje junto à Faixa de Gaza, que levaram a que várias dezenas de palestinianos ficassem feridos, e esta crescente ameaça na fronteira Norte, Israel poderá estar em breve a preparar-se para uma guerra em todas as frentes, a qual, a acontecer, poderá calar de vez as provocações dos grupos terroristas do Hamas, Jihad Islâmica e Hezbollah...
 
Fonte: Shallom Israel

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||