IFCJ resgata judeus em todo o mundo, cumprindo a profecia

14 de julho de 2016.

Freedom Flights from Ukraine and France made possible by IFCJ donors are landed in Israel on June 28. (Photo: IFCJ Facebook)

 

E vos tirarei dentre os povos, e vos congregarei das terras nas quais andais espalhados, com mão forte, e com braço estendido, e com indignação derramada. Ezequiel 20:34

 

A Federação Internacional de Cristãos e Judeus ( IFCJ ) está trazendo a profecia bíblica à vida por ajudar os judeus dispersos de todo o mundo fazendo de Israel sua casa.

No final de junho, a IFCJ, presidido pelo rabino Yechiel Eckstein, patrocinou dois voos, trazendo para Israel judeus da França e da Ucrânia, este movimento provou mais urgente agora do que nunca devido aos judeus no exterior estarem enfrentando o anti-semitismo diariamente.

Foto de A Sociedade Internacional de Cristãos e Judeus.

Os Muçulmanos estão alimentando o anti-semitismo, fazendo judeus franceses se sentirem ameaçados, fazendo crescer rapidamente a imigração.

O vôo 28 de junho com 83 judeus franceses foi o primeiro vôo da IFCJ da França para Israel. A IFCJ está patrocinando um vôo com 200 judeus franceses em agosto e já tem mais de 2.000 pedidos para os próximos meses.

Quando os judeus franceses chegaram, o rabino Eckstein levou-os em uma cerimônia acontecendo no Kotel, o Muro das Lamentações do Monte do Templo em Jerusalém. Eles começaram a recitar a bênção "Shehechayanu", o que é dito em ocasiões festivas.

O Rabino Eckstein salientou que a abordagem da IFCJ em trazer judeus a Israel representa uma mudança necessária na forma como aliyah tem sido tratada.

"Não é o suficiente para levá-los e dizer" adeus "no aeroporto, e" boa sorte "," O Rabino Eckstein afirmou. "Nós ficamos [em contato] com eles por um ano ou até mais, se necessário, para se certificar de que eles são capazes de ter sucesso aqui."

Foto de A Sociedade Internacional de Cristãos e Judeus.

O Rabino Eckstein previu que milhares de judeus estaria vindo para Israel a partir da França, no futuro próximo, e acredita que a sua organização irá desempenhar um papel importante nisso.

"É o nosso trabalho fazer sua reinstalação tão bom quanto possível, para que ainda mais Olim (imigrantes para Israel) venham", afirmou o rabino.

A França atualmente tem a maior população judaica na Europa, mas que pode mudar em breve. Em uma recente pesquisa, 51% dos judeus franceses consideram imigrar para outro país e 43% pensou em fazer aliá. Mais de 8.000 judeus franceses fez a aliá em 2015, tornando a França o maior país de origem para os novos imigrantes, pelo segundo ano consecutivo.

Um segundo vôo patrocinado pela IFCJ, também no final de junho, vindo da Ucrânia trouxe 200 judeus a Israel, salvando-os de que está se tornando uma situação cada vez mais difícil. Judeus ucranianos são os mais pobres no mundo e o país está sofrendo de uma guerra civil em curso. A Ucrânia tem uma longa história de anti-semitismo e, apesar de um presidente recém-eleito ser judeu, ataques anti-semitas são relatados em aumento.

Em seu website, a organização proclama orgulhosamente sua missão de estar "cumprindo a profecia bíblica", trazendo judeus a Israel em suas "asas de águia" para fazer a aliyah.

A IFCJ tem trabalhado em estreita colaboração com a Federação judaica no passado, dando-lhes mais de US$ 170 milhões desde 1994. Em 2014, a IFCJ decidiu patrocinar seus próprios programas de aliyah. Já tiveram grande sucesso por conta própria, trazendo com sucesso mais de 4.000 judeus a Israel de 15 países. Seu objetivo é trazer outros 2.000 judeus a Israel este ano.

Fundada em 1983 pelo rabino Yechiel Eckstein, a IFCJ era uma visão à frente do seu tempo. O Rabino Eckstein teve de superar séculos de relações difíceis entre o cristianismo e o judaísmo, a fim de tornar sua visão real. Hoje, seus esforços têm ajudado a trazer as duas religiões mais próximas através das obras de caridade. A demonstração do amor dos cristãos para com os judeus é esmagadora, visto que a IFCJ recolhe mais de US$ 100 milhões de dólares por ano em doações de cristãos, metade dos quais são gastos em Israel, apoiando refeitórios, centros de absorção e renovações abrigo antiaéreo.

A IFCJ provou que a cooperação entre judeus e cristãos não só é possível, mas pode ser a única maneira de salvar alguns judeus contra os perigos crescentes que ameaçam as comunidades ao redor do mundo.

Tradução: Últimos Acontecimentos.

Fonte: Breaking Israel News.

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||