Guia Supremo do Irã classifica Israel de 'tumor cancerígeno'

21 de fevereiro de 2017.

 

O guia supremo iraniano, aiatolá Ali Khamenei, classificou nesta terça-feira Israel de "tumor cancerígeno" e defendeu a "libertação total da Palestina", em uma conferência internacional de apoio aos palestinos organizada em Teerã.

"Este tumor cancerígeno avançou por etapas e seu tratamento também deve ser feito por etapas", declarou o aiatolá.

"Várias intifadas (revoltas palestinas) e (atos de) resistência permitiram alcançar objetivos de etapa muito importante e continuarão (...) até a libertação total da Palestina", acrescentou.

Este discurso transmitido ao vivo pela televisão estatal Irib ocorre num momento em que o novo presidente americano, Donald Trump, optou por uma posição dura diante de Teerã e um apoio aberto a Israel.

O Irã apoia os grupos islamitas palestinos e o Hezbollah libanês, classificados pelos responsáveis iranianos de integrantes do movimento de "resistência" contra Israel.

O ex-presidente iraniano, o ultraconservador Mahmud Ahmadinejad (2005-2013), afirmou várias vezes que Israel era um "tumor cancerígeno" que desapareceria do mapa do Oriente Médio.

Khamenei disse em seu discurso que "a resistência" a Israel havia permitido a "libertação" do sul do Líbano em 2000 e de Gaza em 2005, após a retirada unilateral de Israel.

"A libertação do sul do Líbano e de Gaza constitui uma etapa importante no caminho rumo à libertação da Palestina e permitiu reverter o processo de expansão geográfica do regime sionista", declarou o aiatolá.

Sem isso, "o regime sionista teria se apoderado de territórios em Egito, Jordânia, até Iraque e no Golfo Pérsico", acrescentou.

O presidente iraniano moderado, Hassan Rohani, o presidente conservador do Parlamento, Ali Larijani, e representantes de 80 países - entre eles vários presidentes de parlamentos estrangeiros de Líbano, Síria, Argélia, Mali e Coreia do Norte, além do chefe da Jihad Islâmica palestina - participam da conferência de Teerã.

Rohani pronunciará na quarta-feira o discurso de encerramento.

Fonte: AFP

Comentários

Carlos em 22/02/2017 00:44:28
Um recado ao Líder do Irã que pilantra todo diz::: ""Que sem a resistência a Israel, o mesmo ja teria se apoderado de outras terras"" - Alguem diga a ele que Israel nao tem interesse na terra de outros não,, mas apenas a Canaã que é deles!!!!! Quem vive querendo terra dos outros sao os Árabes "Palestinos"! (Povo amaldiçoado)

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||