Europa pondera conversações ao mais alto nível com Israel

04 de março de 2017.

 

Diplomatas da União Europeia afirmaram ontem ter de haver clareza nas questões relacionadas com Israel, tendo em vista especialmente as posições não claras da administração norte-americana sobre o conflito israel-palestina. 
 
Um dos diplomatas acrescentou que quaisquer conversações oficiais futuras com Israel não podem ser "o negócio do costume."Pelo contrário, "as coisas têm de ser ditas muito claramente aos israelitas."
 
Os ministros dos Negócios Estrangeiros da Europa dos 27 irão em breve decidir se vão ou não avançar com conversações com o estado de Israel "ao mais alto nível". A razão tem a ver com"preocupações com a questão dos colonatos" e "o compromisso com a solução 2 estados."
 
Os palestinianos querem toda a Margem Ocidental - entenda-se: Judeia e Samaria - a Faixa de Gaza e Jerusalém Oriental, tudo territórios que Israel recuperou na Guerra dos Seis Dias de 1967 e cujo direito internacional lhe permite anexar como parte do seu território conquistado após uma guerra defensiva contra os árabes.
 
Para esses inimigos de Israel e para a maioria dos países que se pautam por essa agenda, os assentamentos israelitas são "ilegais" e um"obstáculo para a paz."
 
Como sempre, a ambiguidade europeia continua a predominar nestas posturas manchadas por uma gritante hipocrisia, que favorece sempre os inimigos de Israel, aqueles outra coisa não almejam senão a pura e simples aniquilação do estado judeu.
 
E é esta mesma moribunda Europa pejada de sérios problemas com a "inundação" de centenas de milhares de imigrantes árabes e muçulmanos que vem agora se preocupar com a "casa" dos outros, Israel, o único estado democrático em todo o Médio Oriente...entenda-se: TODO o Médio Oriente...!
 
Quem dera que o presidente norte-americano se defina de uma vez por todas, colocando-se pragmaticamente ao lado de Israel, esquecendo de uma vez por todas a impossível e absurda "solução 2 estados", fechando os olhos às construções que os israelitas vão erigindo na sua Terra, e movendo definitivamente a embaixada do seu país para a capital única, eterna e indivisível de Israel: Jerusalém.
 
Aí, talvez, sim, a arrogante Europa seja posta no seu devido lugar...
 
Fonte: Shalom, Israel!

Comentários

João Duarte em 05/03/2017 16:03:00
O acolhimento é fato humanitário, não deve ser negado, mas tem que ter normas.
É de admirar que a Europa recolha os imigrantes Árabes sem lei e sem normas religiosas. Vejamos os muçulmanos estão fazendo na Bélgica. O mesmo vem acontecendo com o Brasil. Somos, querendo ou não Católicos Cristãos. A religião muçulmana vem crescendo no Brasil, nestes últimos 10 anos anos que um aumento de mais de 100 por cento. Agora imagina na Europa? O certo é ver o Cristianismo Europeu e os imigrantes teriam que receber a doutrina predominante para onde eles forem aceitos. Isto acontece entre os países Árabes, a força predominante entre eles é Islã, e estão matando ou melhor dizendo que estão matando em nome de Alah, mas não passam também de política misturado com oportunismo.
Devemos sim acolher os necessitados, mas temos que enquadra-los dentro do nosso sistema religioso, onde a paz. Hoje eles são poucos, a com o passar dos anos serão o dobro e ou talvez mais.
Vejamos hoje na própria Bélgica, eles estão ganhando as ruas, os templos muçulmanos em todos os cantos. Para onde foi o Cristianismo, para onde foi o Verdadeiro Evangelho que salva, para foi a fé dos europeus com relação a religião predominante.
O alerta é, cuidado, estamos ampliando um campo minado e sem total controle, para nós mesmo.
Os Árabes são ricos, porque não acolhem a si mesmos???
Os Árabes são vem vindos, mas dentro de nossas leis e normas.
Que venham sim, mas venha dispostos a receber a Palavra da verdade, a única que de fato Salva, e a única que mostra que o seu Salvador está vivo e pronto para perdoar.
Boa sorte e Deus nos abencõe.
Pedro em 04/03/2017 22:26:32
Verdade tão se inchando de muçulmanos terroristas vamos ver qdo eles começarem a estuprar as suas filhas cortarem os seus pescoços em nome de alah o que eles irão fazer

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||