Encontro de Paris para paz é “impostura palestina”, diz Netanyahu

12 de janeiro de 2017.

O primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, chamou nesta quinta-feira de “impostura palestina facilitada pela França” a conferência internacional prevista no domingo em Paris para tentar reviver os esforços de paz entre israelenses e palestinos.

“Esta conferência é uma impostura palestina patrocinada pela França e destinada a tomar posições ainda mais anti-israelenses. Faz retroceder a paz, e nós não nos sentiremos vinculados” às decisões, disse Netanyahu durante uma reunião com o ministro das Relações Exteriores norueguês, Borge Brende.

A França reúne em Paris no domingo representantes de dezenas de países e organizações para tentar recriar um horizonte político entre israelenses e palestinos e manter viva a solução de dois Estados, referência dos principais projetos de paz da comunidade internacional.

Israel tem denunciado a iniciativa desde que a França a lançou, em janeiro de 2016. Os palestinos aderiram à iniciativa.

A França enviou há alguns dias convites a Netanyahu e ao presidente palestino, Mahmoud Abbas. Israel reiterou na quarta-feira que Netanyahu não iria a Paris.

O esforço para resolver um dos conflitos mais antigos do mundo está paralisado desde o fracasso em abril de 2014 da última iniciativa, a da administração Obama.

Fonte: EFE

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||