Conferência Histórica em Jerusalém se esforça para trazer reconciliação as 12 tribos depois de 2 mil anos

13 de junho de 2016.

 

Após 2.000 anos de relações amargas, uma conferência inovadora está prestes a trazer judeus e não-judeus juntos como filhos de Jacob. Os organizadores têm grandes esperanças de que este encontro sem precedentes seja o início de um processo único, trazendo o desenvolvimento profético que têm estado à espera de um milênio para apenas um tal desenvolvimento.

A comunidade de Yisrael (COY) vai realizar a sua segunda Conferência Internacional de Reconciliação em Jerusalém, do dia 13 a 15 junho. É significativo ter sido agendada logo após o feriado de Shavuot, quanto Deus deu a Torá para o mundo através da nação de Israel. A conferência destina-se a ser um passo importante para a co-existência pacífica e a criação de uma família global que ora ao Deus de Abraão, Isaque e Jaco.

O movimento se baseia na profecia de Ezequiel 37:16, que prevê a reunificação de Israel.

Ezequiel 37

16. Tu, pois, ó filho do homem, toma um pedaço de madeira, e escreve nele: Por Judá e pelos filhos de Israel, seus companheiros. E toma outro pedaço de madeira, e escreve nele: Por José, vara de Efraim, e por toda a casa de Israel, seus companheiros.

17. E ajunta um ao outro, para que se unam, e se tornem uma só vara na tua mão.

Kellen Davison, fundador da reconciliação de Israel e co-fundador do projeto de Comunidade de Yisrael, organizou a conferência como o próximo passo em uma visão global que começou em um evento realizado em setembro passado. Ele observou que a conferência já está vivendo até suas expectativas proféticas.

"A Escritura diz que Israel foi para o Egito com 70 pessoas e saiu tão numerosos quanto as estrelas no céu. Muitos milhões estão antecipando o maior Exodus contendo essas estrelas ", disse Davison ao Breaking Israel News. "Durante o Shavuot, haverá cerca de 70 almas israelitas reunidas em Jerusalém para dizer a todo o mundo que os ossos secos estão vindo à vida".

E me disse: Filho do homem, porventura viverão estes ossos? E eu disse: Senhor DEUS, tu o sabes. Ezequiel 37:3

Com uma representação igual de seguidores e participantes da Torá, judeus e não-judeus vindos de todo o mundo e Israel, terão oficinas e palestras para lidar com questões-chave que podem trazer os diversos elementos da família de Yisrael para uma melhor compreensão um do outro. Centrada na educação e interação, não se destina a ser um fórum para trabalhar as diferenças entre os grupos, mas como um meio de buscar caminhos para a reconciliação.

Como regra básica para a interação entre os participantes, que são todas as pessoas de crenças fortes, haverá uma estrita regra de não proselitismo. Os participantes irão interagir, expressar a base espiritual que os uniu, respeitando as crenças de cada um dos outros como sendo válido e que não precisam de mudança.

À primeira vista, a conferência parece reunir pessoas que não têm nada em comum, mas os elementos básicos são realizadas fortemente crenças comuns:

O amor e adoração do Deus de Israel.

Amor e respeito para a nação de Israel, incluindo a casa perdida de Israel, e o desejo de abençoar a todos de Israel.

Aceitar os princípios da Torá, como o Shabat e os dias de festa, na vida pessoal de cada um.

O amor à Terra de Israel.

Defender o direito dos judeus a viver na Terra de Israel e opondo a propaganda e mentiras anti-Israel.

Ovadyah Avrahami, co-fundador do projeto da Comunidade de Yisrael, explicou a necessidade oportuna para a conferência.

"Como judeu, eu reconheço que este tópico é aquele que é conhecido sobre por rabinos e outros judeus, mas raramente se fala nisso", disse Avrahami. "A divisão das 12 tribos da nação de Israel é a maior tragédia na história da nação, seguido pelo exílio de duas casas de Israel. Isso vai marcar a primeira vez em 2.000 anos que os judeus vão encontrar face a face com os que dizem que pertencem ao corpo diversificado de Yoseph / Efraim, para discutir a reconciliação. "

Rabi Tuly Weisz é fundador da ONG israelense Israel365 e editor do Breaking Israel News, que é co-patrocinadora desta importante conferência.

"É certamente um sinal dos tempo, onde Kellen Davison organizou a Conferência Comunidade na Terra de Israel, afirmando a crença no único verdadeiro Deus de Israel e apoio para o povo de Israel", disse o rabino Weisz. "O fato de que tantos cristãos estão abraçando os judeus, rejeitando o proselitismo é um desenvolvimento importante e estou feliz de participar de um programa desse tipo."

Tradução: Últimos Acontecimentos.

Fonte: Israel Breaking News.

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||