Chega de 'jogos': Governo sírio faz advertência a Israel, prometendo retaliação forte

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

26 de março de 2017.

 

O governo sírio anunciou que vai retaliar caso Israel continue efetuando ataques aéreos contra o território desse país árabe.

Quaisquer futuros ataques contra o território sírio receberão uma resposta com força letal e ataques de retaliação em profundidade do território israelense, comunicou o governo sírio.

De acordo com o comunicado, enviado através dos mediadores russos, os ataques contra objetivos militares sírios irão ter como resposta o lançamento de mísseis Scud (míssil balístico móvel, de origem soviética, de curto alcance) contra bases militares de Israel.

Se Israel atacar infraestruturas civis sírias, os mísseis sírios serão disparados contra o porto israelense e instalação petroquímica de Haifa. Os mísseis serão lançados sem qualquer notificação prévia, diz a nota.

Esse aviso surgiu depois de o presidente do país, Bashar Assad, ter feito uma declaração, em 20 de março, afirmando que proteger suas próprias fronteiras é um direito e obrigação de todas as nações.

"A resposta forçada da Síria aos ataques israelenses mudou as regras do jogo", disse o embaixador sírio na ONU, Bashar al-Jaafari. Ele acrescentou que tal resposta à ameaça é "apropriada e vai em conformidade com a operação terrorista de Israel" e que "a partir de agora, Israel vai considerar mil vezes [antes de bombardear de novo]".

Em 17 de março, os militares israelenses efetuaram vários ataques aéreos contra o território sírio, sendo que estes foram seguidos pelo lançamento de vários mísseis antiaéreos contra os aviões militares israelenses que sobrevoavam o território da Síria.

Um dos mísseis teria sido alegadamente interceptado pelo sistema da defesa antimísseis israelense Arrow. Porém, as autoridades sírias afirmam que eles abateram com sucesso um avião israelense nas cercanias de Damasco.

Após os incidentes mencionados, Israel ameaçou conduzir ataques especificamente para destruir as baterias antiaéreas sírias.

De acordo com as autoridades israelenses, os ataques aéreos visam combater as armas avançadas contrabandeadas para o Hezbollah no Líbano através do território sírio.

"Nossa política é muito coerente", disse o premiê israelense na sequência dos ataques. "Quando estamos a par de uma tentativa de contrabandear armas para o Hezbollah, fazemos qualquer coisa para prevenir isso, sendo que temos dados e capacidades suficientes para reagir."

De acordo com a mídia, durante seu encontro com o presidente russo, Netanyahu prometeu continuar tentando lutar contra as tentativas de contrabandear as armas para o Hezbollah através da Síria. Netanyahu negou as informações de que lhe tivesse sido pedido para cessar as operações militares na Síria.

Israel e a Síria não estiveram envolvidos em qualquer tipo de uma confrontação militar séria desde que começou a guerra civil na Síria seis anos atrás.

Fonte: Sputnik

https://br.sputniknews.com/oriente_medio_africa/201703267986076-ataques-aereos-siria-israel-retaliacao-confrontacao-scud/

Comentários

Joildo Medeiros em 29/03/2017 12:12:37
Melhor Israel evitar qualquer confronto com a Síria e com o Irã, neste momento delicado da história, senão, será aniquilada atômicamente
Marcos em 28/03/2017 01:04:01
A siria pode lançar os scuds, israel construiu uma proteçao anti-misseis pra isso, so que israel ira destruir a infraestrutura militar da siria como resposta.
Carlos em 27/03/2017 02:34:18
Apenas no Nono parágrafo é que a verdade veio á tona !! Pois israel nao ataca, e sim contra ataca!! Configura Ataque a Israel o simples fato sa Síria transportar armas visando beneficiar o Hesbolah,,e isso já foi avisado bem antes!!!! Sendo assim,Israel nao permitirá esse "Ataque" Sírio! Mas se a Siria quiser perdurar,, que venha....
Pedro. em 26/03/2017 19:29:18
Israel tem que atacar mesmo para se defender do hesbolah

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||