Ban Ki-moon pede a Israel e aos palestinos que voltem a negociar a paz

30 de novembro de 2016.

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, pediu nesta terça-feira aos israelenses e palestinos que reativem as negociações de paz, dado que a possibilidade de alcançar a solução de dois Estados é praticamente remota.

Em uma mensagem pelo Dia Internacional da Solidariedade com o Povo Palestino, Ban indicou que os assentamentos israelenses e as demolições de casas palestinas na Cisjordânia minam a democracia israelense.

O chefe da ONU também criticou que os palestinos sofram uma "paralisante desunião" e advertiu que suas lutas internas danificaram a própria democracia e a aplicação da lei.

"Se nenhuma medida for tomada rapidamente para relançar a possibilidade de um acordo político (...) a realidade de um Estado Unido" irá endurecer, acrescentou.

Ban pediu que ambas as parte apliquem as recomendações do Quarteto para o Oriente Médio - formado pela ONU, União Europeia, Estados Unidos e Rússia - que, em um informe de julho, estimulou os palestinos a se absterem de qualquer ato de violência e aos israelenses de deterem a colonização.

Porém, Israel ignorou o relatório e acelerou a construção de assentamentos judeus na Cisjordânia e a demolição de casas palestinas.

Fonte: AFP

Enviar comentário

voltar para Israel

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||