Vendas de armas no mundo batem recorde em 2015

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

13 de junho de 2016.

As compras da região Ásia-Pacífico foram o principal motivo do crescimento das vendas mundiais de armas, que, em 2015, alcançaram a cifra recorde de US$ 65 bilhões, anunciou o instituto de análise de defensa IHS Jane's.

As importações de armamento dos países dessa região cresceram 71% entre 2009 e 2016, contribuindo para um aumento de 11,3%, ou US$ 6,6 bilhões, do mercado mundial de armas no ano passado, revelou esta organização com sede em Londres.

No entanto, os principais importadores de armas em 2015 foram a Arábia Saudita e a Índia, seguidos pela AustráliaEgito e Coreia do Sul.

O ranking de exportações de armas em 2015 é liderado pelos Estados Unidos (US$ 22,691 bilhões), seguido pela Rússia (US$ 7,44 bilhões),Alemanha (US$ 4,77 bilhões), França (US$ 4,77 bilhões) e Reino Unido (US$ 3,89 billhões).

"O mercado mundial da defesa jamais viveu um aumento como o que vimos entre 2014 e 2015", afirmou Ben Moores, analista de IHS Jane's. "O ano de 2015 foi recorde", acrescentou.

Moores disse que houve uma aceleração das compras, em particular nos "países que bordeiam o mar do sul da China".

IHS Jane's previu que o mercado crescerá em 2016, a US$ 69 bilhões, apontando em particular a incapacidade da Índia de fabricar o equipamento de qualidade de que precisa para substituir seu material ultrapassado.

Soldados do Exército Popular da China (Foto: Damir Sagolj / Reuters)

Fonte: AFP.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||