Ucrânia recorre ao Conselho de Segurança da ONU após incidente na Crimeia

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

11 de agosto de 2016.

Reunião do Conselho de Segurança da ONU

O governo ucraniano iniciará consultas junto ao Conselho de Segurança da ONU nesta quinta-feira (11) diante dos recentes acontecimentos envolvendo Kiev na Crimeira, informou a missão da Ucrânia junto às Nações Unidos através de seu Twitter oficial.

"Por decreto de [Presidente Pyotr] Poroshenko, a Ucrânia inicia hoje a realização de consultas com o Conselho de Segurança da ONU sobre as provocação de Kremlin na Crimeia" – diz a publicação.

Na quarta-feira (10), o Serviço de Segurança da Rússia informou ter interceptado e neutralizado um grupo de homens ligados ao Ministério da Defesa da Ucrânia que pretendia realizar atentados terroristas na Crimeia. Durante a ação, dois agente russos morreram.

A península está em alerta máximo e o clima entre os dois países ficou ainda mais tenso. O presidente russo Vladimir Putin acusou as autoridades ucranianas de aderir à "prática do terrorismo" e declarou que, diante dos fatos, um encontro no formato Normandia, com líderes da Ucrânia, Alemanha e França, não faria mais sentido.

Poroshenko, por sua, solicitou uma conversa com Putin e ordenou reforçar a presença das tropas ucranianas junto às fronteiras da Crimeia e de Donbass.

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||