Turquia propõe à Rússia operações conjuntas contra EI na Síria

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

11 de agosto de 2016.

A Turquia propôs nesta quinta-feira à Rússia realizar operações conjuntas contra o grupo extremista Estado Islâmico (EI) na Síria, dias após a visita do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, ao seu colega russo, Vladimir Putin, para melhorar as relações.

Uma delegação de três responsáveis turcos do exército, dos serviços de inteligência e das relações exteriores estava nesta quinta-feira na Rússia para dialogar sobre a Síria, principalmente, explicou o ministro das Relações Exteriores turco, Mevlüt Cavusoglu, em uma entrevista à rede de televisão privada NTV.

"Discutiremos todos os detalhes. Sempre convocamos a Rússia a realizar operações conjuntas contra o Daesh (acrônimo em árabe do EI)", disse o ministro, acrescentando que esta proposta seguia "sobre a mesa".

Desta forma, o ministro voltou a levantar uma proposta feita por Ancara antes que as relações com Moscou ficassem tensas devido à destruição, realizada pela Turquia, de um avião russo que sobrevoava a fronteira turco-síria no fim de 2015.

O presidente turco visitou a Rússia recentemente para estreitar os laços, mas seu colega russo considerou que seria preciso fazer um "trabalho difícil" antes de aumentar a cooperação e os intercâmbios.

A Síria é um dos grandes assuntos internacionais nos quais Ancara e Moscou adotaram posturas opostas. Enquanto a Rússia apoia militarmente o presidente sírio, Bashar al-Assad, Ancara exige que ele deixe o poder.

"Vamos combater juntos o grupo terrorista" Estado Islâmico, disse o ministro das Relações Exteriores turco, "para eliminá-lo o quanto antes" e evitar que se espalhe pela Síria ou por outros países.

Fonte: AFP.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||