Turquia emite ordem de prisão contra líder curdo-sírio

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

22 de novembro de 2016.

As autoridades turcas emitiram nesta terça-feira uma ordem de prisão contra o copresidente do Partido da União Democrática (PYD, curdos sírios), Saleh Muslim, em relação a um atentado cometido em Ancara, em fevereiro passado, informou a agência pró-governamental Anadolu.

A justiça turca pediu no total a prisão de 48 pessoas, entre elas os líderes do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK, rebeldes curdos turcos), uma organização considerada "terrorista" por Ancara.

A facção armada do PYD, um grupo também classificado como "terrorista" pela Turquia, faz parte da coalizão curdo-árabe que luta contra os radicais do grupo Estado Islâmico (EI) na Síria, com o apoio de Washington.

As ordens de prisão foram interpostas em relação a um atentado com carro-bomba contra um comboio que causou 30 mortos em 17 de fevereiro, em Ancara.

Fonte: AFP

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||