Turquia denuncia que Dasmaco bombardeia milícias opostas a jihadistas

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

26 de outubro de 2016.

 

O governo da Turquia denunciou nesta quarta-feira que o regime sírio está bombardeando as milícias que tratam de expulsar o EI e anunciou que o Exército turco seguirá com sua ofensiva rumo à cidade de Al Bab, em mãos desse grupo jihadista.

"O regime (sírio) está atacando o Exército Livre Sírio (ELS), a oposição moderada que luta contra o EI. O regime está atacando as forças que lutam contra aqueles que têm ocupado 40% do país", denunciou hoje em entrevista coletiva o ministro das Relações Exteriores, Mevlüt Çavusoglu.

As Forças Armadas turcas tinham explicado previamente em comunicado que helicópteros do presidente sírio, Bashar al Assad, tinham lançado barris-bomba contra forças do ELS em Tall Nayif, cerca de 35 quilômetros ao norte de Aleppo, matando a dois milicianos e ferindo a outros cinco.

Çavusoglu afirmou que esses ataques não deterão a operação Escudo do Eufrates lançada pela Turquia no final de agosto tanto contra o EI como contra as forças curdas, que também combatem aos jihadistas.

O ministro indicou que a ofensiva turca em apoio do ELS seguirá para Al Bab.

As forças turcas contribuíram já à expulsão de Estado Islâmico das localidades de Jarabulus, Al Rai e Dabiq.

"O objetivo é limpar a região do EI", garantiu Çavusoglu.

Fonte: EFE

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||