Turquia confirma 41 mortos em ataque ao aeroporto, entre eles 13 estrangeiros

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

29 de junho de 2016.

O ataque terrorista contra o aeroporto Atatürk em Istambul na noite de terça-feira causou a morte a 41 pessoas, entre elas 13 estrangeiras, além dos três agressores suicidas, anunciou nesta quarta-feira o escritório do governador da cidade.

Sem dar mais detalhes sobre as nacionalidades, o escritório confirma, além disso, 239 feridos, dos quais 109 já tiveram alta, informou a instituição em seu site.

Dos 41 mortos, 37 já foram identificados, dos quais dez são estrangeiros e três têm dupla nacionalidade, precisa o comunicado, enquanto 19 corpos já foram entregues a suas famílias.

Além disso, 130 pessoas seguem sob tratamento em diversos hospitais da cidade, enquanto 109 já receberam alta.

O comunicado não atribui responsabilidades ao atentado, mas durante a madrugada o primeiro-ministro turco, Binali Yildirim, afirmou que "os primeiros indícios apontam para o Estado Islâmico" como autor do massacre.

O ataque aconteceu às 18h50 GMT (15h50, em Brasília), quando três terroristas armados com fuzis e com explosivos atacaram a entrada do terminal de voos internacionais do aeroporto Atatürk de Istambul, dispararam de forma indiscriminada e acabaram morrendo.

O aeroporto, o maior de Istambul, foi fechado durante cinco horas mas foi reaberto durante a madrugada e está voltando lentamente à normalidade, embora vários voos sigam cancelados ou atrasados. 

Fonte: EFE.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||