Terroristas podem capturar armas nucleares na base norte-americana

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

15 de agosto de 2016.

Peritos do Centro Stimson dos Estados Unidos avisam: os militares norte-americanos arriscam perder o controle sobre as dezenas de armas nucleares que se encontram na base aérea de Incirlik, na Turquia.

Esta informação foi divulgada na segunda-feira (15). Em um comunicado que acompanha a publicação do relatório, analistas salientam que, tendo em conta os eventos de 15 julho (a tentativa de golpe de Estado) na Turquia, um prolongado conflito civil este país tornaria o destino destas armas muito incerto.

A base foi significativamente impactada pelas consequências  da tentativa do golpe. O ex-comandante da base, general Bekir Ercan Van, foi preso por suposta participação, enquanto as autoridades turcas cortaram a eletricidade da base e proibiram decolagem de aviões norte-americanos.

"Do ponto de vista da segurança, cerca de 50 das armas nucleares americanas estacionadas na Base Aérea de Incirlik estão abandonadas à própria sorte, a apenas 70 milhas da fronteira com a Síria… Estas armas têm zero utilidade no campo de batalha europeu e hoje são mais uma responsabilidade do que vantagem para os nossos aliados da OTAN" – afirma Laicie Heeley, pesquisador do Centro Stimson e coautor do relatório no comunicado.

O Centro Stimson recomenda a remoção de todas as bombas nucleares B61 da Europa, salientando que, se tal for feito, isso permitirá uma poupança total de US $ 6 bilhões. 

A base de Incirlik é usada pelos Estados Unidos para lançar ataques aéreos na Síria e no Iraque contra o grupo Estado Islâmico, que é ilegal em muitos países, incluindo na Rússia.

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||