Soldado indiano morre em confronto na fronteira com Paquistão

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

29 de outubro de 2016.

 

Um soldado indiano foi morto na noite de sexta-feira em um confronto na fronteira com o Paquistão e seu corpo foi "mutilado por terroristas" em plena escalada de tensão entre os dois países, informaram as Forças Armadas da Índia.

"Em uma ação desprezível, os terroristas mutilaram o corpo do soldado indiano antes de fugir para o Paquistão", afirmou o Exército indiano, através de um comunicado publicado em seu Twitter, dizendo que esta morte "convida a uma resposta adequada" por parte da Índia.

"Esta barbárie é um reflexo fiel do que permeia as organizações oficiais e não oficiais (do Paquistão) na fronteira", disse.

A morte do soldado indiano acontece apenas um dia depois que as autoridades da Índia afirmaram ter matado 15 soldados paquistaneses perto da Linha de Controle (LoC, fronteira de fato entre a Índia e Paquistão na Caxemira) e em um momento de tensão na relação bilateral.

As trocas de tiros na fronteira provisória entre a Índia e Paquistão em território caxemiriano, pactada na década de 1970, são relativamente comuns, mas nas últimas semanas se intensificaram.

O confronto entre a Índia e Paquistão intensificou depois que um grupo insurgente paquistanês realizasse um ataque que causou a morte de 19 soldados em solo indiano no mês passado, o que levou à Índia a lançar "ataques cirúrgicos" contra supostos terroristas na fronteira. 

Fonte: EFE

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||