Segundo jornal americano, aviões de guerra russos teria bombardeado uma base militar secreta dos EUA na Síria em junho

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

25 de julho de 2016.

maxresdefault

O Wall Street Journal (WSJ) relatou na última quinta-feira (21/07) que aviões russos bombardearam uma base militar secreta na Síria usada pelos EUA e forças especiais britânicas no mês de junho.
 
O WSJ argumentou que o ataque russo teve como alvo a base localizada na fronteira sírio-jordaniana em 16 de Junho e pelo menos quatro militantes apoiados pelo ocidente (aparentemente pertenciam ao Novo Exército Sírio) foram mortos nos ataques.
 
De acordo com os meios de comunicação ocidentais, EUA e forças especiais britânicas ajudaram o novo Exército Sírio a manter uma zona tampão e ajudar o grupo militante em sua luta contra o Estado islâmico.
 
Citando autoridades militares e de inteligência dos EUA, o WSJ acrescentou que o ataque russo teve como objetivo pressionar a Casa Branca em concordar com uma cooperação mais estreita com a Rússia nos céus sírios. O relatório acrescentou que cerca de um dia antes da ação, mais de 20 forças especiais britânicas saíram para fora da base, por conta dos ataques aéreos russos.
 
O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov disse na última sexta-feira que a Rússia não tem conhecimento de incidentes relatados pela mídia norte-americana.
 
"Não temos conhecimento [do incidente] e neste caso eu não tenho nada a comentar este artigo de jornal. Mais uma vez, esta é uma questão que deve ser abordada com o Ministério da Defesa ", disse Peskov.
 
http://www.wsj.com/articles/russian-strikes-on-remote-syria-garrison-alarm-u-s-1469137231

Fonte: Um Novo Despertar.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||