Sanções contra Kim Jong-un provocam escalada de tensões na península coreana

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

28 de julho de 2016.

Líder da Coreia do Norte Kim Jong-un

As autoridades dos EUA “ultrapassaram a linha vermelha” introduzindo sanções contra o líder do país, disse à agência AP o chefe do departamento de relações com os norte-americanos do Ministério das Relações Exteriores da Coreia do Norte Han Song Ryol.

As autoridades norte-americanas tinham introduzido no dia 6 de julho sanções contra o líder do país Kim Jong-un e contra 22 altos funcionários da Coreia do Norte acusados por Washington de violação de direitos humanos, comunica agência AP.

O diplomata acrescentou que as últimas ações dos EUA provocaram escalação da tensão na península. Ele estressou também que a realização dos jogos militares conjuntos dos EUA e da Coreia do Sul planejados para o próximo mês pode provocar uma escalação da confrontação. 

Han Song Ryol declarou que Pyongyang acredita que os exercícios realizados se tornem mais agressivos porque, segundo a informação disponível, seriam treinadas manobras de preparação dos soldados para uma intervenção no território da Coreia do Norte e um "ataque preventivo" destinado à eliminação das autoridades do país. 

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||