Rússia está pronta para responder 'simetricamente' às ações da OTAN

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

19 de junho de 2016.

Saber Strike 2016, Estônia

O vice-secretário do Conselho de Segurança da Rússia disse que Moscou vai dar uma "resposta simétrica e eficaz" para quaisquer ações de aumento da presença da OTAN ao longo das fronteiras orientais da aliança.

"Não há motivo para preocupações. A resposta é adequada, eficaz e barata", disse Yevgeny Lukyanov à RIA Novosti à margem do Fórum Econômico Internacional em São Petersburgo (SPIEF, na sigla em inglês).

Recentemente, os ministros da Defesa da OTAN acordaram reforçar a presença da aliança com quatro batalhões multinacionais nos três países bálticos e na Polônia. Os quatro batalhões são compostos maioritariamente por militares da Alemanha, do Reino Unido e dos EUA.

A OTAN está discutindo, desde o início do ano, a intensificação da presença militar na Europa Oriental. Este será um dos temas centrais na cúpula da aliança que está marcada para o julho e será realizada em Varsóvia. A OTAN explica a necessidade do aumento de forças na Europa do Leste pela alegada ameaça crescente da Rússia. O porta-voz de Vladimir Putin, Dmitry Peskov, havia dito anteriormente que a Rússia não é uma ameaça, mas não iria ignorar ações potencialmente perigosas para os seus interesses.

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||