Rússia atacará unilateralmente grupos que não respeitarem cessar-fogo na Síria

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

20 de maio de 2016.

A Rússia está pronta para responder adequadamente à escalada da violência no Oriente Médio e ao reforço da presença militar da OTAN perto de suas fronteiras, afirmou nesta sexta-feira (20) o ministro da Defesa russo, Sergei Shoigu, em reunião com altos funcionários da pasta.

Shoigu especificou que, a partir de 25 de maio, a Rússia se reservará o direito de lançar "ataques unilaterais contra destacamentos de organizações terroristas internacionais e outras formações ilegais que não tiverem aderido ao regime de cessar-fogo" na Síria.

Damasco alega que destacamentos armados antigovernamentais intensificaram os ataques contra as tropas do governo sírio neste mês de maio, apesar da trégua acordada em fevereiro com a mediação da Rússia e dos EUA.

Por sua vez, Shoigu explicou que "as principais violações do cessar-fogo na Síria estão ligadas a tentativas por parte da Frente Al-Nusra e de seus aliados para minar a solução pacífica para o conflito".

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||