"Milícia curda síria YPG foi responsável por ataque em Ancara"

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

18 de fevereiro de 2016.

A Turquia identificou o autor do ataque com um carro-bomba em Ancara que matou 28 pessoas como membro da milícia curda síria YPG trabalhando junto com insurgentes do proscrito Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), afirmou o primeiro-ministro turco, Ahmet Davutoglu.

Em discurso ao vivo na televisão, Davutoglu disse que o ataque mostra que a milícia YPG é uma organização terrorista e que a Turquia espera a cooperação de seus aliados contra o grupo.

Os Estados Unidos, que têm dito que a YPG não é terrorista, tem apoiado os insurgentes no confronto contra o Estado Islâmico na Síria.

"À luz das informações que obtivemos, foi claramente identificado que esse ataque foi realizado por membros de uma organização terrorista dentro da Turquia junto com um membro da YPG que atravessou da Síria", disse Davutoglu.

Ele disse também que nove pessoas foram detidas após o ataque.

Fonte: Reuters.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||