Queda dos preços de petróleo pode causar guerra no Oriente Médio

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

19 de abril de 2016.

Ernst Wolff, jornalista, especialista em economia e finanças, explica a situação no mercado petrolífero.

O problema maior é que a decisão da Rodada de Doha pode levar a consequências fatais para o mundo inteiro. A queda dos preços de petróleo faz aumentar o perigo de disseminação do conflito no Oriente Médio.

"Por um lado, observamos a queda da procura porque a economia mundial está estagnando. Por outro lado, registamos um excesso da oferta e queda dos preços. Os depósitos de petróleo estão cheios, os navios-tanques ficam em um congestionamento gigantesco. Isso levou a que alguns Estados já enfrentam grandes dificuldades. A Venezuela se arrisca a entrar em moratória. A Nigéria, Angola e Azerbaijão já solicitaram empréstimos de emergência"-affirma Wolff. 

Além disso, o problema acarreta consequências negativas sociais globais, porque muitos trabalhadores do setor de petróleo serão despedidos.

O petróleo barato é bom para aqueles que têm que pagar pela gasolina. Mas prejudica muito a economia mundial em geral e a ordem social do mundo inteiro.

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||