Putin sanciona lei que tira Rússia do tratado de desarmamento nuclear com EUA

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

03 de julho de 2019.

 

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, promulgou nesta quarta-feira a lei para a retirada da Rússia do tratado de desarmamento nuclear INF, assinado em 1987 com os Estados Unidos.

Putin sancionou a lei depois que esta foi aprovada no último dia 26 de junho no Conselho da Federação (Senado), enquanto a Duma (Câmara dos Deputados) a tinha aprovado oito dias antes.

O passo dado pela Rússia é a resposta a uma medida similar adotada por Washington em fevereiro, embora Putin se reserve o direito de tomar no futuro uma decisão sobre o reatamento do tratado.

Os Estados Unidos anunciaram em fevereiro que suspendiam o cumprimento das obrigações relacionadas com o INF diante da recusa da Rússia de destruir o míssil de cruzeiro Novator 9M729 (SSC-8, de acordo com a classificação da OTAN), que violava o tratado, segundo Washington.

Pouco depois, a Rússia anunciou que também abandonaria o tratado, embora tenha desmentido categoricamente as supostas violações do acordo, e prometeu uma resposta "simétrica".

Nesse sentido, prometeu que não instalaria armamento que viola o INF, ou seja, com um alcance de mais de entre 500 e 5.500 quilômetros, nem na parte europeia da Rússia nem em outras áreas do mundo, enquanto Washington não fizer o mesmo.

Fonte: EFE

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||