Putin reitera apoio à Síria na luta contra terrorismo

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

23 de maio de 2016.

 

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, enviou nesta segunda-feira uma mensagem de condolências a seu colega sírio, Bashar al-Assad, por conta dos sangrentos atentados nas cidades litorâneas de Tartus e Yabla, no noroeste da Síria, e reiterou o apoio russo na luta antiterrorista.

"O chefe do Estado ressaltou que esta tragédia é outra demonstração da essência desumana e bárbara dos grupos terroristas que suscitaram uma guerra sangrenta contra o povo da Síria", afirma a nota do Kremlin.

No comunicado, Putin acrescenta que "mais uma vez confirmou estar disposto a continuar cooperando com os parceiros sírios para combater o terrorismo".

Além disso, o presidente russo expressou sua "segurança de que os criminosos que mancharam as mãos com sangue de vítimas inocentes não escaparão do castigo".

Segundo os veículos de imprensa oficiais sírios, a série de atentados em Tartus e Yabla deixou 78 mortos, mas segundo a ONG Observatório Sírio de Direitos Humanos, nos ataques terroristas morreram pelo menos 145 pessoas e outras 200 ficaram feridas. 

Fonte: EFE.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||