Putin ordena a reabertura de bunkers de mísseis soviéticos utilizados durante a Guerra Fria

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

05 de novembro de 2016.

 

Vladimir Putin ordenou que todos os bunkers de mísseis soviéticos ativos não utilizados sejam reabertos antes do início da guerra iminente.

Os bunkers na costa da Crimeia foram usados pela última vez durante a Guerra Fria como uma defesa contra ataques navais no Mar Negro.

Conhecido localmente como “objeto 100”, existem agora placas ao redor da região dos bunkers que advertem as pessoas para não entrar em uma "zona proibida do Ministério da Defesa russo".

Russia bunkers in Crimea back in use

E surpreendentemente, até apenas algumas semanas atrás, eles estavam realmente sendo usados como pontos turísticos, com turistas pagando US $ 50 cada um para visitá-los.

Mas agora as pessoas que vivem perto deles dizem que os bunkers fazem parte de uma "base militar funcional".

A reativação das bases é um sinal adicional que Putin está se preparando para uma guerra total com o ocidente e prepara a Rússia para se defender.

Os países membros da OTAN anunciaram que enviarão tropas e tanques para vários países que estão na fronteira russa.

O primeiro-ministro russo, Dmitry Medvedev, disse em uma conferência de segurança em Munique no início deste ano: "Nós, de fato, entramos em uma nova Guerra Fria".

Os bunkers aumentaram o medo do conflito em países membros da OTAN, como a Romênia, que hospedará um sistema de escudo contra mísseis, controlado dos EUA desde maio.

Embora o escudo não fique totalmente operacional até 2018, os EUA afirmaram que é parte de uma defesa contra possíveis ataques de mísseis iranianos.

Mas Putin disse que vê o sistema de escudo e o posicionamento da OTAN como uma clara ameaça para a segurança russa e prometeu retaliação.

A Rússia também está planejando uma cadeia de estações de radar nas colinas em torno da Crimeia, que ofereceria o ponto perfeito para acompanhar de perto o movimento no Mar Negro.

O jornal russo Izvestiya citou uma fonte militar em maio, dizendo que a Rússia irá restaurar outro sistema para "detectar lançamentos de mísseis balísticos, de cruzeiros e hipersônicos na região do Mar Negro e do Mar Mediterrâneo".

Russia bunkers in Crimea back in use

O Ministério da Defesa russo se recusou a responder a perguntas sobre o assunto.

Mas estes são apenas um de um número de locais que a Rússia está estacionando forças militares.

Um antigo aeroporto civil está sendo transformado em uma base aérea militar, com fuzileiros navais russos implantados lá. 

Tradução: Últimos Acontecimentos.

Fonte: Daily Star.

Via: Um Novo Despertar.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||