Putin apela a intensificar luta contra terrorismo para resolver crise no Oriente Médio

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

25 de julho de 2016.

Reunião da Liga Árabe em Cairo, 15 de janeiro de 2015

A luta contra o terrorismo deve ser considerada como um caminho para a resolução da crise na Síria, Iraque, Líbia e outros países, afirmou nesta segunda (25) o presidente da Rússia, Vladimir Putin, em um comunicado aos líderes da Liga Árabe.

"Nós consideramos que a luta contra este mal deve ser realizada com base em esforços conjuntos concentrados na solução política da crise na Síria, Iraque, Líbia, Iêmen e outras áreas de tensão, com base na soberania e integridade territorial de todos os países e através do diálogo e na busca de harmonia nacional", diz a mensagem de Putin dirigida aos chefes de Estado e de Governo dos países membros da Liga Árabe que se encontram na Mauritânia para a vigésima sétima cúpula da entidade.

​O documento confirma que "a Rússia está disposta a reforçar plenamente a cooperação com os membros da Liga Árabe para garantir a segurança regional e o combate contra o terrorismo internacional".

A situação no Oriente Médio e no Norte da África tem agravado seriamente, disse o presidente russo.

"A agenda desta cúpula está saturada, primeiramente, por causa dos problemas que pioraram recentemente no Oriente Médio e Norte da África", ressaltou Putin.

O presidente sublinhou que "esta deterioração levou ao enfraquecimento das instituições governamentais em vários países da região, ao aprofundamento de dificuldades econômicas e sociais e à escalada do extremismo e da intolerância religiosa".

Isso, segundo o líder russo, exige um maior papel da Liga Árabe como uma plataforma importante para o diálogo multilateral e a tomada de decisões coletivas.

O presidente ressaltou que Moscou está pronto para contribuir para a solução da questão palestina por meio de diálogo bilateral ou multilateral. 

"Consideramos inaceitável o atual status quo e exigimos a criação de condições para relançar o mais rápido possível o processo de negociação para criar um Estado palestino independente, viável e integro, com a capital em Jerusalém Oriental", diz a carta do líder russo.

A Liga Árabe, nome corrente para a Liga de Estados Árabes, é uma organização de Estados árabes fundada em 1945 no Cairo por sete países, com o objetivo de reforçar e coordenar os laços econômicos, sociais, políticos e culturais entre os seus membros, assim como mediar disputas entre estes. Atualmente a Liga Árabe compreende vinte e dois Estados, que possuem no total uma população superior a 200 milhões de habitantes.

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||