Presidente do Irã diz que país está determinado a expandir poderio militar e programa de mísseis

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

11 de fevereiro de 2019.

 

O presidente do Irã, Hassan Rouhani, disse nesta segunda-feira (11) que o país está determinado a expandir seu poderio militar e programa de mísseis balísticos, apesar da crescente pressão de países para restringir seu trabalho defensivo, informou a TV estatal do país.

"Não pedimos e não pediremos permissão para desenvolver tipos diferentes de mísseis e vamos continuar nosso caminho e nosso poderio militar", disse Rouhani.

A declaração foi dada durante discurso na praça Azadi (Liberdade) em Teerã, onde dezenas de milhares de iranianos se reuniram em cerimônia que marca o 40º aniversário da Revolução Islâmica do Irã.

Rouhani também prometeu que derrotará sanções impostas pelos Estados Unidos, reimpostas após o presidente norte-americano, Donald Trump, anunciar a retirada dos Estados Unidos do acordo nuclearestabelecido com o Irã e com potências mundiais durante o governo de Barack Obama.

"O povo iraniano tem e terá algumas dificuldades econômicas [devido às sanções], mas vamos superar os problemas ajudando uns aos outros", disse Rouhani.

As sanções unilaterais impostas pelos Estados Unidos passaram a vigorar em agosto de 2018 e afetam transações financeiras, importações de matérias primas, o setor automotivo e a aviação comercial.

Elas proíbem o Irã de comprar dólares e metais preciosos, o que integra uma tentativa mais ampla de cortar o país do sistema financeiro internacional. Negócios com aço, carvão e alumínio com o país também foram vetados.

Revolução iraniana

No Irã, o dia 1º de fevereiro marca o primeiro dia da "década do Alvorecer", o período de dez dias entre o retorno do aiatolá Ruhollah Khomeini, pai da Revolução e primeiro guia da República Islâmica do Irã, e a vitória final da Revolução, em 11 de fevereiro de 1979 (o 22 do mês de bahman 1357 de acordo com o calendário iraniano).

Há várias semanas, a televisão estatal multiplicou as emissões dedicadas à Revolução e aos 40 anos de história da República Islâmica. Guirlandas luminosas e cartazes comemorativos enfeitam a capital iraniana.

Fonte: G1

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||