Por que relações entre Rússia, UE e OTAN se complicaram?

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

18 de outubro de 2016.

 

O secretário-geral da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), Lamberto Zannier, acredita que a UE e a OTAN não envolveram a Rússia em suas estratégias.

Durante discurso no fórum AlpEuregio na Câmara Federal de Economia da Áustria, na terça-feira (18), o chefe da organização destacou que, "de fato, a UE e a OTAN se concentraram em suas estratégias, não incluindo a Rússia neste processo".
 
Segundo ele, como consequência, "eles compreenderam que este processo exerce uma influência negativa sobre as relações com a Rússia".

Ao mesmo tempo, Zannier acrescenta que "esta atitude dificilmente poderá ser revista, mesmo se conversar com a Rússia e com alguns dos seus vizinhos amedrontados".
 
"Ambas as partes falam de ameaça – a Rússia considera como ameaça a ampliação da OTAN, enquanto alguns membros da OTAN acham que a ameaça vem da Rússia. É difícil trabalhar desta forma", conclui.
 
Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||