Polônia: OTAN deve aumentar presença no Leste Europeu para deter a Rússia

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

13 de maio de 2016.

O ministro das Relações Exteriores da Polônia, Witold Waszczykowski, disse nesta sexta-feira que a OTAN precisa se fazer mais presente nas regiões do Centro e do Leste da Europa para deter a insistente agressão russa.

"Essa presença deve ser forte e ter uma nova qualidade e prontidão para defender os territórios da OTAN. A Polônia está convencida de que a resposta para as ameaças à segurança e para os desafios da Rússia é aumentar a presença da OTAN na nossa região", disse o chanceler polonês em entrevista ao jornal Eesti Paevaleht.

Para Waszczykowski, a Rússia representa uma ameaça muito séria à arquitetura de segurança europeia, motivo pelo qual os países da organização precisam discutir no próximo encontro, em Varsóvia, medidas para responder a uma situação menos estável no campo da segurança. 

Os chefes de Estado dos países membros da OTAN se encontrarão na capital polonesa nos dias 8 e 9 de julho, com o secretário-geral do bloco, Jens Stoltenberg, descrevendo esse momento como crucial para o futuro da aliança. 

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||