Planos dos EUA para combater espiões russos remetem à Guerra Fria

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

22 de junho de 2016.

As informações sobre a intenção dos EUA de criar um grupo especial de combate aos agentes da inteligência russa são lamentáveis e "trazem à tona o espírito da Guerra Fria", informou à Sputnik a embaixada da Rússia em Washington.

Mais cedo, o portal Buzz Feed News havia informado, citando fontes nas agências de inteligência americanas, que o Congresso dos EUA está considerando a possibilidade de criar um novo órgão para localizar e monitorar espiões russos, e que funcionaria nos moldes existentes nos tempos da Guerra Fria. O Departamento de Estado dos EUA se recusou a comentar esta informação.

Procurada pela Sputnik para comentar o assunto, a embaixada russa em Washington destacou que tais ações são "contrárias à lógica" e remetem ao "espírito da Guerra Fria".

"Vimos a publicação sobre o assunto. Tudo isso não pode suscitar nada além de lamento" – disse um porta-voz da embaixada russa.

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||