Perigo maior: Estado Islâmico pode ter inventado novo tipo de explosivo

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

29 de julho de 2016.

Engenheiro mostra o componente do dispositivo

É possível que os militantes do Daesh tenham inventado um novo tipo de explosivo, declara a BBC News citando fontes ligadas à investigação do ato terrorista de julho em Bagdá.

No início deste mês os militantes do Daesh cometeram um dos maiores atentados na sua história: a explosão ocorrida no dia 3 de julho em Bagdá fez 292 vítimas mortais. 

Segundo informa a fonte de um serviço de segurança ocidental em Bagdá, este explosivo era "invulgar". 

"Nunca vimos nada de semelhante e isso é muito preocupante", disse a fonte à agência BBC News.

O Daesh utilizou um artefato explosivo improvisado instalado num automóvel. Os homens-bomba utilizam frequentemente estes métodos. 

Contudo, a disposição dos explosivos dentro do automóvel e a combinação de elementos químicos mostra que esta explosão é diferente dos outros atentados. 

"Esta bomba é muito difícil de fabricar", disse um especialista em explosivos que participou da investigação. Segundo ele diz, é possível que este explosivo tenha sido fabricado em Fallujah enquanto a cidade estava ocupada pelo Daesh.

É possível que quem a fabricou tenha usado uma fórmula disponível na Internet, mas tenha alterado alguma coisa para aumentar sua capacidade para passar despercebida nos postos de controle e para aumentar a área a atingir. 

Alguns analistas iraquianos consideram sua composição química como "única no gênero", acrescenta a BBC News.

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||