Pentágono: EUA continuarão realizando voos nas proximidades da Crimeia

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

01 de fevereiro de 2018.

As aeronaves militares norte-americanas continuarão a realizar voos no espaço aéreo internacional sobre o mar Negro e nas proximidades da costa da Rússia, declarou o representante do Estado-Maior Conjunto dos Estados Unidos, o tenente-general Kenneth McKenzie.

Nesta segunda-feira, nas proximidades da fronteira da Rússia e sobre o mar Negro, ocorreu um incidente entre aeronaves norte-americana e russa. O ministério da Defesa da Rússia informou que um caça Su-27 interceptou um  avião de reconhecimento radioeletrônico ЕР-3Е Aries II da Marinha dos EUA.

Após o incidente, a porta-voz do Departamento de Estado, Heather Nauert, acusou a Rússia de desrespeitar as normas internacionais e o acordo sobre  Acordo de 1972 de Prevenção de Incidentes Sobre o Alto Mar (INCSEA em inglês).

"Realizamos voos sobre o mar Negro, e o mar Negro é espaço aéreo internacional. Temos o direito de voar lá e esses voos continuarão a acontecer", disse McKenzie durante o briefing desta quinta-feira.

O militar reafirmou a posição do Pentágono, que classificou a interceptação da aeronave-espiã norte-americana pelo Su-27 russo de "pouco segura e pouco profissional".

O ministério da Defesa da Rússia, por outro lado, declarou que as manobras do caça Su-27 "seguiram o procedimento, foram absolutamente legítimas e completamente seguras".

O órgão sugeriu que os norte-americanos se abstenham no futuro de adotar as rotas que provocaram o incidente, ou que entrem em um acordo sobre as normas de realização desses voos.

Fonte: Sputnik

https://br.sputniknews.com/russia/2018020110424148-pentagono-mar-negro-incidente-crimeia/

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||