Pentágono: Avião dos EUA foi interceptado por caça russo de maneira perigosa

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

17 de abril de 2016.

 

Um avião militar dos Estados Unidos foi interceptado de "maneira perigosa e não profissional" por um caça russo Su-27 durante um voo de rotina sobre o mar Báltico, segundo acusou o Pentágono neste sábado.

De acordo com as autoridades norte-americanas, o incidente teria ocorrido na última quinta-feira, em espaço aéreo internacional. A aeronave em questão, um Boeing RC-135, de reconhecimento, não teria invadido o território russo em nenhum momento, conforme garantiu a porta-voz da Defesa americana Laura Seal.

Nesta semana, outros episódios envolvendo aeronaves russas no Báltico causaram profunda irritação nos militares dos EUA. Washington informou que aviões russos Su-24 e helicópteros Ka-27 teriam sobrevoado de forma agressiva o destroier americano USS Donald Cook durante manobras na região, o que, para o secretário de Estado americano, John Kerry, poderia ter provocado umconflito real entre os dois países. Em resposta às alegações dos militares dos Estados Unidos, no entanto, a Defesa russa disse que os exercícios russos foram realizados em conformidade com todas as normas internacionais de segurança e que não houve agressividade por parte dos pilotos, destacando que o evento ocorreu a alguns quilômetros de uma base naval russa no Báltico.

Fonte: Sputnik.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||