OTAN não quer conflito mas instala mais 4.000 soldados na Europa

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

28 de outubro de 2016.

 

A Aliança Atlântica não procura um confronto com a Rússia ou uma nova Guerra Fria, porque de fato a aliança aspira a cooperar com a Rússia, informou Jens Stoltenberg.
 
O secretário-geral da OTAN fez esta declaração à BBC, destacando que, em vez de hostilidade relativamente a Rússia, a aliança militar continua "aspirando a ter relações mais cooperativas e construtivas" com o país.

Falando sobre a instalação de 4 mil militares adicionais da aliança militar no Leste Europeu, Stoltenberg disse que a medida visa prevenir e não provocar um possível conflito.
 
"Nós temos que fazer isso com base na defesa coletiva", notou.
 
Na quarta-feira (26) os ministros da Defesa dos países-membros da Aliança Atlântica se reuniram em Bruxelas (Bélgica) para discutir o reforço da defesa do flanco leste do bloco, em particular, a instalação de quatro batalhões multinacionais adicionais nos países bálticos e na Polônia.
 
Fonte: Sputnik

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||