Otan condena novos lançamentos de mísseis da Coreia do Norte

"E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;..." Mateus 24:6

22 de junho de 2016.

O secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg, condenou nesta quarta-feira os novos lançamentos de mísseis de médio alcance executados pela Coreia do Norte e garantiu que realiza "ações provocadoras" que solapam a segurança e o diálogo internacional.

"Os lançamentos constituem uma violação direta de várias resoluções das Nações Unidas", sustentou Stoltenberg em comunicado, no qual lembrou que entre essas resoluções se encontra a 2270, adotada em 2 de março deste ano.

O secretário-geral ressaltou que a Aliança Atlântica segue pedindo à Coreia do Norte que cumpra plenamente com suas obrigações sob o direito internacional, assim como que não caia em ameaças com sua conduta ou com o uso deste tipo de tecnologia balística e que não realize mais "ações provocadoras".

A Coreia do Norte disparou desde seu litoral oriental um segundo míssil de médio alcance Musudan por volta das 7h30 local de hoje (20h, em Brasília de terça-feira), pouco após realizar um primeiro lançamento sem sucesso desde a cidade de Wonsan (sudeste), segundo informou o Ministério da Defesa da vizinha Coreia do Sul.

O regime de Kim Jong-un realizou desde abril até o final de maio outros quatro lançamentos fracassados do Musudan, um novo projétil cujo categoria de até 4 mil quilômetros lhe permitiria pôr no ponto de mira a base americana de Guam no Pacífico. 

Fonte: EFE.

voltar para Guerras

fwR fsN tsY show center|left tsN fwR|show fwR center|bnull||image-wrap|news login uppercase b01 bsd|fsN fwR uppercase b01 bsd|b01 c05 bsd|login news fwR uppercase b01 bsd|tsN fwR uppercase b01 bsd|fwR uppercase|content-inner||